Horários de Atendimento
MARÇO 2020 - Institucional.
MARÇO 2020 - Institucional.

Vamos falar sobre lúpus?

Vamos falar sobre lúpus?

Doença autoimune, inflamatória, atinge 150 mil pessoas por ano no Brasil

Lúpus é uma doença inflamatória autoimune isso significa que é uma doença em que o sistema imunológico da pessoa ataca tecidos saudáveis do próprio corpo, por engano. É importante saber que não é transmissível.

Quais são os sintomas do lúpus?
A doença pode afetar diversos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins e cérebro. Seus sintomas podem variar muito de pessoa para pessoa, o que dificulta o diagnóstico, e depende da área afetada.

Segundo o Ministério da Saúde, os principais sintomas do lúpus são:

  • cefaleia, dormência, formigamento, convulsões, problemas de visão, alterações de personalidade, psicose lúpica.
  • dor abdominal, náuseas e vômito.
  • arritmia.
  • tosse com sangue e dificuldade para respirar.
  • coloração irregular da pele.
     

Quais exames fazer o diagnóstico do lúpus?
Alguns pacientes não apresentam outros sintomas sem ser as manchas na pele, por isso é imprescindível a realização de exames como: hemograma completo, radiografia do tórax, exame de urina, de anticorpos. Dependendo da análise, o médico pode solicitar uma biópsia renal.

Como é o tratamento do lúpus?
O Lúpus quando tratado corretamente, controla e, em alguns casos, desaparece com os sintomas da doença, no entanto, algumas complicações são possíveis, como:

  • falência dos rins.
  • anemia e vasculite.
  • convulsões.
  • inflamação nos tecidos dos pulmões e inflamação nos músculos do coração.


Além disso, a doença pode tornar suscetível outras doenças como:

  • infecções.
  • câncer e desenvolvimento de tumores.
  • necrose avascular.


O tratamento depende do nível e intensidade da doença, mas em geral, são anti-inflamatórios, corticoide, drogas antimaláricas, drogas citotóxicas e protetor solar para as lesões de pele.

O Lúpus ainda não tem cura, mas o tratamento ajuda a controlar os sintomas, proporcionando muito mais qualidade de vida para a pessoa com a doença.

Por isso, é sempre importante manter os exames em dia e ir ao médico caso perceba qualquer sintoma incomum.

Fonte: Ministério da Saúde


Certificado de Qualidade



© 2012 - 2020 - Todos os direitos reservados

Ir ao Topo