OUTUBRO - Institucional
OUTUBRO - Outubro Rosa

Vamos falar sobre a doação de órgãos e tecidos?

Vamos falar sobre a doação de órgãos e tecidos?

Esclareça suas dúvidas e saiba tudo o que você precisa para ser um doador.

Mais do que um gesto de amor, doar órgãos e tecidos ajuda a salvar vidas, além de manter a esperança de alguém que aguarda sua vez para receber um transplante. Por isso, esse tema merece ser esclarecido à população para que todos se conscientizem e abordem o assunto com seus familiares e amigos.

O transplante de órgãos é um procedimento cirúrgico que consiste na substituição de um órgão ou tecido doente por um saudável. Graças à evolução da medicina, aproximadamente 80% dos transplantes realizados são bem-sucedidos.

A doação só pode ser realizada após a comprovação de morte encefálica, é quando o cérebro paralisa e, muitas vezes, isso ocorre quando a pessoa sofre traumatismo craniano, tumor ou derrame. É importante avisar sua família com antecedência sobre esse desejo de ser doador para possibilitar que os órgãos sejam doados.

Veja quais órgãos podem ser transplantados.

- Coração.
- Válvulas cardíacas.
- Fígado.
- Pulmão.
- Ossos.
- Medula óssea.
- Rim.
- Pâncreas.
- Córneas.
- Pele.

Além dos casos de doação em morte, também é possível fazer a doação em vida. Porém, o doador tem que ter 21 anos e ser avaliado por uma junta médica para comprovar suas boas condições de saúde. Nesses casos, os familiares são os primeiros a serem selecionados e quando não é possível que um parente seja o doador existe a necessidade de uma autorização judicial.

Saiba o que impede uma pessoa de doar órgãos.

- Portadores de doenças infectocontagiosas, como soropositivos ao HIV, hepatites B e C, Doença de Chagas, entre outras.
- Pessoas com doenças degenerativas crônicas ou tumores malignos.
- Pacientes em coma ou que tenham sepse ou insuficiência de múltiplos órgãos e sistemas (IMOS).

Ainda existem alguns mitos que precisam ser desfeitos para tornar a doação um hábito mais comum. Com informação de qualidade, as pessoas estarão mais esclarecidas sobre o assunto e, consequentemente, isso aumentará o número de doadores, baixando as filas de espera, por exemplo.
O Laboratório Lamel apoia essa iniciativa.


Certificado de Qualidade



© 2012 - 2019 - Todos os direitos reservados

Ir ao Topo