Horários de Atendimento
MARÇO 2020 - Institucional.
MARÇO 2020 - Institucional.

Quais são os riscos da automedicação?

Quais são os riscos da automedicação?

Bastante comum no Brasil e no mundo, essa prática pode trazer sérios prejuízos à saúde  

Tomar um remedinho para dor de cabeça, indicar um remédio para dor de estômago para um amigo, medicar um filho que está com dor de garganta. Fatos bem comuns, concorda? A maioria das pessoas que se automedica ou incentiva a automedicação tem consciência que ela não é aconselhável, mas muitas vezes não tem conhecimento das consequências mais sérias que isso pode causar.

Além de disfarçar alguns sintomas de uma doença mais grave, o que atrasa o diagnóstico e compromete o tratamento, o uso inadequado de medicamentos pode trazer consequências como uma reação alérgica leve ou um quadro grave de intoxicação. Confira o que a ingestão de remédios sem orientação médica pode causar.

Overdose: o uso de doses inadequadas pode resultar tanto em ineficácia quanto em overdose de fármacos, essa última representando grave risco à saúde.
Mascarar sintomas: muitas vezes a automedicação pode mascarar sintomas de condições mais sérias que necessitam do diagnóstico correto para serem tratadas adequadamente.
Interação medicamentosa: o uso simultâneo de mais de um fármaco pode resultar em interações medicamentosas e, portanto, deve sempre ser orientado por um profissional capacitado.
Resistência: o uso indiscriminado de antibióticos pode acarretar no desenvolvimento de resistência por parte dos patógenos, o que aumenta o risco de ineficácia do tratamento em infecções futuras.

A automedicação é conveniente, cômoda e existem muitos medicamentos de venda livre, por isso é muito comum. Estudos recentes revelam que, no Brasil, cerca de 76,4% da população pratica a automedicação rotineiramente. Com um número tão alto de consumo, imagine as consequências. A automedição se tornou um problema de saúde pública.

Agora que você se informou melhor sobre os riscos da automedicação, seja consciente quanto ao uso indiscriminado de medicamentos. Também não dê indicações, nem aceite recomendações de amigos ou familiares. Procurar orientação profissional será sempre a melhor escolha.


Certificado de Qualidade



© 2012 - 2020 - Todos os direitos reservados

Ir ao Topo