FEVEREIRO 2020 - Institucional.
JANEIRO 2020 - O melhor atendimento para você

Entenda mais sobre o câncer de pele.

Entenda mais sobre o câncer de pele.

A pele é o maior órgão do corpo humano, sendo responsável por regular a temperatura corporal, além de proteger contra agentes externos, como a luz do sol e o calor, agentes infecciosos e agentes químicos. No Brasil, o câncer de pele representa 25% dos diagnósticos da doença.

 

Existem diferentes tipos de câncer da pele, porém, os mais comuns são o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelular – chamados de câncer não melanoma e que apresentam altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente.

 

O melanoma é um tipo de câncer raro e que tem mais capacidade de se espalhar, o que o torna mais agressivo. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), mais de 6 mil novos casos desse tipo de câncer de pele serão diagnosticados entre 2018 e 2019.

 

Conheça os principais fatores de risco para a doença:

·         Pele clara;

·         Exposição exagerada ao sol;

·         Pintas que mudam de cor;

·         Forma e tamanho;

·         Casos da doença na família.

 

O surgimento de pintas pelo corpo pode ser um dos indicadores mais comuns da doença. Em caso de dúvida, procure um dermatologista para uma avaliação mais detalhada. Quanto mais cedo você procurar ajuda, maiores serão as chances de cura. São simples detalhes, mas que podem salvar uma vida.

  

Teste ABCDE para identificar câncer de pele do tipo melanoma:

·         Assimetria: observe se o formato da pinta é irregular;

·         Bordas: elas são irregulares e difusas;

·         Cor: a pinta possui diversas cores como vermelho, marrom, branco, entre outras na mesma região;

·         Diâmetro: quando a pinta for maior que 6 mm;

·         Evolução: se a pinta muda rapidamente de tamanho, forma, espessura ou cor.

 

Além desses sintomas, repare se você passar a sentir dores na região, formação de casquinhas, sangramento e dificuldade de cicatrização. O tratamento mais recomendado para o câncer de pele é a cirurgia, dependendo do estágio da doença, a radioterapia e a quimioterapia também podem ser utilizadas.

 

Viver em um país tropical que tem altas temperaturas durante o ano inteiro requer mais cuidados à saúde da pele.

·         Use filtro solar com fator de proteção 15 ou superior, mesmo em dias nublados;

·         Evite os raios solares, das 10h às 16h;

·         Atenção à exposição em câmaras de bronzeamento artificial;

·         Faça o autoexame de pele regularmente;

·         Vá ao dermatologista para exames de rotina;

·         Use roupas que diminuem o contato direto com o sol;

·         Além de bonés, chapéus e óculos escuros que protegem contra os raios ultravioleta.

 

Com essas orientações, você previne o aparecimento dessa doença silenciosa, mas que produz sérias consequências e pode levar à morte se não for tratada corretamente. O Laboratório Lamel apoia esta causa que valoriza a prevenção como grande aliada no combate ao câncer de pele.


Certificado de Qualidade



© 2012 - 2019 - Todos os direitos reservados

Ir ao Topo